Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Maio de 2019

Campo Grande

Ação conjunta envolvendo mais de 70 agentes vistoria órgãos e repartições públicas no Parque dos Poderes

Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS Enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti
Enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti

Mais de 70 agentes do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) e Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV) da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) estão mobilizados na manhã desta sexta-feira (10) durante ação  conjunta entre prefeitura e Governo do Estado para vistoriar órgãos e repartições públicas no Parque dos Poderes, como medida de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, reforçou a importância  da somatória de esforços no combate ao mosquito e destacou que um dos principais desafios ainda é conscientizar as pessoas sobre a necessidade de cada um fazer a sua parte.

“Os números nos mostram que 80% dos focos ainda são encontrados dentro das casas. Nós (município/Sesau) estamos fazendo a nossa parte. Intensificamos as ações de bloqueio, aumentamos as equipes de borrifação de inseticida (fumacê), mas tais atitudes não são suficientes. É preciso a conscientização da população de que dentro da sua casa é preciso tomar todos os cuidados necessários. Evitar deixar utensílios que possam acumular água, fazer a limpeza das calhas, vistoriar a caixa d’água e o terreno de uma forma geral”, disse.

Notificações 

De janeiro até o dia 7 de maio, Campo Grande registrou 29.639 notificações de dengue, sendo 4.729 casos confirmados e oito óbitos. Somente nos sete primeiros dias de maio foram 1.154 casos notificados.

O boletim epidemiológico e a série histórica de casos desde 2015 podem ser baixados através do link http://www.campogrande.ms.gov.br/sesau/boletins-epidemiologicos-2019/

Em Mato Grosso do Sul, segundo a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Larissa Domingues Castilho de Arruda,  até o momento foram registrados 32 mil casos de dengue, sendo 13 mil confirmados e 16 óbitos.  Os números apresentam variações em relação ao boletim do município, pois as informações são do Sistema Nacional.

Pontos críticos

Os bairros  Los Angeles, Chácara dos Poderes, Lageado, Jardim América, Alves Pereira e Seminário, respectivamente, apresentam os maiores índices de notificação da doença.

Por conta da epidemia, a SESAU tem intensificado as ações de bloqueio nestas regiões e aumento ou efetivo do fumacê de 3 para 13 equipes que rodam diariamente estes locais.

Deixe seu Comentário