Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Agosto de 2019

Economia e Negócios

77% dos clientes utilizam smartphones enquanto fazem compras nos supermercados

Assessoria de Comunicação
Foto: Tereré News Smartphone é um celular que combina recursos de computadores pessoais, com funcionalidades avançadas que podem ser estendidas por meio de programas aplicativos executados pelo seu sistema operacional.

Cada vez mais digitais e tecnológicos, os clientes buscam soluções que facilitem a sua jornada de compras nos supermercados. Dados do GPA, um dos maiores grupos varejistas do país, mostram que 77% dos seus consumidores utilizam o aparelho celular enquanto estão nas lojas da companhia. Destes, 67% usam os apps Pão de Açúcar Mais e Clube Extra para checar e ativar as ofertas personalizadas disponíveis na funcionalidade “Meu Desconto” e realizar suas compras de interesse. Ainda, 12% aproveitam o momento para resgatar prêmios, 11% buscam informações mais detalhadas sobre produtos e 10% utilizam os aplicativos para agendar a passagem no caixa, evitando filas. Ainda, é possível observar que o cliente que é usuário assíduo dos apps visita as lojas do Extra e do Pão de Açúcar o dobro de vezes e tem um ticket médio 10% maior na comparação com um consumidor que ainda não utiliza os aplicativos.

A análise dos dados de compra permite ao varejista inferir características comportamentais de sua base de clientes. “Nossas análises indicam que 34% de nossos clientes fidelizados compram alimentos de indulgência, como salgadinhos e sobremesas; 21% têm hábitos saudáveis; e 18% têm o costume de realizar churrasco com frequência”, diz Teodoro Ornelas, Diretor de Customer Experience do GPA. “Estas análises só são possíveis devido à alta recorrência de utilização dos aplicativos, que já somam mais de 9 milhões de downloads e 30% desses clientes abrem o app pelo menos uma vez no mês. Destes, 40% convertem o clique em compra”, complementa o executivo. Em 2018, as vendas para clientes usuários dos aplicativos somaram R$ 6,5 bilhões - se os apps formassem uma empresa, ela estaria entre as 15 maiores varejistas do País.

Deixe seu Comentário