Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 18 de Setembro de 2019

Entretenimento

1ª edição da Feira de Negócios Agropecuários de Campo Grande acontece neste fim de semana, veja programação completa

Foto: Divulgação Fenagrande  2019

Prefeitura de Campo Grande realiza, pela primeira vez, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedesc), a Fenagrande- Feira de Negócios Agropecuários de Campo Grande– buscando oportunizar a realização de negócios no meio rural, além de apresentar inovações tecnológicas, demonstrações de técnicas e palestras não só ao produtor rural, mas para todos aqueles que direta e indiretamente fazem parte da cadeia produtiva do agronegócio municipal. O evento será nos dias 30 e 31 de agosto e 01 de setembro, a partir das 10 horas, na cidade do Natal, altos da Avenida Afonso Pena.

Segundo o prefeito Marquinhos Trad eventos como esse são sempre bem vindos já que o potencial agroeconômico da capital sul-mato-grossense é enorme. “Campo Grande além de ser a capital de um Estado que possui sua economia totalmente voltada para o agronegócio, tem uma produção agropecuária em constante crescimento que abastece não só a capital, mas seus arredores. Por isso precisamos oportunizar mais esse segmento que gera renda para inúmeras famílias, desde o pequeno ao grande produtor”.

O secretário da Sedesc, Herbert Assunção, destaca que o aumento considerável na produção de grãos da capital, exige outro olhar do poder público municipal em relação ao agronegócio local. “Em dez anos o plantio agrícola do município de Campo Grande teve um aumento de 400% na produção de grãos e a safra 2018/2019 registrou um acréscimo de 12% da área plantada em relação a área anterior. Além disso, o município ocupa a 8ª posição de rebanho bovino no Estado. Segundo o último censo do IBGE, a capital possui em torno de 550 mil cabeças de gado e vale destacar que o rebanho bovino tem se mantido em relação às outras cidades do Estado.”

O secretário também destaca o trabalho desenvolvido pela prefeitura em relação aos pequenos produtores. “Em 2017 a prefeitura lançou o projeto “Hortas Urbanas”, que em parceria com a Agraer, dá todo suporte técnico à produção familiar, escolas, associações comunitárias e pequenos produtores que necessitem de apoio. Já em 2018, a prefeitura lançou o “Saladão”, que é um ônibus adaptado para a comercialização de hortifruti proveniente da agricultura familiar. Assim como o Saladão, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), também contribui para a comercialização de produtos provenientes da agricultura familiar. O projeto “Renda no Pasto”, em parceria com a Embrapa Gado de Corte”, busca melhorar a lotação de animais por unidade de pastagem. Não podemos deixar de mencionar que através da construção do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, temos como meta a diversificação da matriz produtiva do setor rural no município, possibilitando a atração de outros empreendimentos”.

Além das palestras, a feira oferece praça de alimentação, shows musicais, apresentação e comercialização de artesanato, produtos agropecuários e máquinas agrícolas e espaço kids. A entrada é franca.

Confira programação completa

Post divulgação do Evento

Deixe seu Comentário