Mato Grosso do Sul vai usar drones na proteção, fiscalização e gestão ambiental

Sharing is caring!

Campo Grande (MS) – Equipamento já muito utilizado na agricultura de precisão, o drone se transforma em novo aliado dos organismos ambientais na proteção, fiscalização e gestão do Meio Ambiente. O Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), ligado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) já testou e decidiu aderir à tecnologia.

Nos dias 23 e 24 de novembro, técnicos do Imasul participaram de aulas com os engenheiros agrônomos Marcelo Folhes e Thamylon Dias, do Grupo Novo Olhar, para aprenderem a manusear e tirar o máximo proveito desses equipamentos. O curso aconteceu no auditório do Parque Estadual do Prosa e os palestrantes ensinaram conceitos, terminologias e regulamentação; componentes da tecnologia; plataformas e sensores mais indicados para a engenharia florestal e fiscalização ambiental; aplicações nas engenharias e no meio ambiente.

Segundo afirmaram os engenheiros que ministraram o curso, o uso de drones otimiza a alta tecnologia e processos visando o aumento da produtividade e eficiência no uso dos recursos. A proteção, fiscalização e gestão ambiental já representam um dos mercados mais promissores para aplicação da tecnologia. Acredita-se que, em breve, os drones serão ferramentas indispensáveis nessas áreas de atuação.

O Imasul já iniciou processo para aquisição de um modelo quadricóptero e será utilizado na fiscalização e licenciamento ambiental. Faltava apenas o treinamento dos técnicos que irão manusear o equipamento e também para análise e uso das imagens.

Texto e foto: João Prestes – Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) 

Tereré News

Editor – Tereré News

Sua opinião é muito importante para nós!

%d blogueiros gostam disto: